Voto e Geografia Eleitoral em Moçambique: Compreendendo a Competição Eleitoral em Polos

Código: 18278 Marca:
R$ 19,00
Comprar Disponibilidade: 5 dias úteis Estoque: 400 unidades
  • R$ 19,00 PagSeguro
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.
Este estudo tem como objectivo de investigação analisar os factores que determinam a distribuição da competição política e geografia eleitoral em Moçambique, entre 1994-2014. A democracia multipartidária em Moçambique começou a partir de 1990, quando a Assembleia Popular aprovou a nova Constituição da República, que mudou a configuração do sistema político de partido único para o multipartidarismo, o que permitiu o surgimento de outras agremiações políticas e estabeleceu legalmente a competição política-eleitoral. A metodologia do estudo baseou-se em uma pesquisa bibliográfica sobre a competição política e geografia eleitoral, desenvolvidas por Duverger (1950), Key (1955), Fleischer (1976), Sartori (1982), Siegfried (1995), Ames (2003), Souza (2006), seguida da pesquisa dos dados secundários dos eleitorais oficiais das eleições de 1994 a 2014, que possibilitaram a articulação, organização, mensurando e analise dos dados e demonstração gráfica da geografia da competição eleitoral em Moçambique. A pesquisa seguiu a abordagem institucionalista, que compreendeu que as instituições importam e determinam a competição política e a geografia eleitoral em Moçambique. Os resultados da pesquisa evidenciam que as raízes sociais dos partidos políticos (FRELIMO e RENAMO) assim como o fato do partido RENAMO e o partido FRELIMO serem os principais atores que controlam a instituição de gestão eleitoral desde 1994, explica a distribuição da competição política e o mapa da geografia eleitoral em Moçambique.

Produtos relacionados

R$ 19,00
Comprar Disponibilidade: 5 dias úteis Estoque: 400 unidades
Pague com
  • Pagar.me
  • PagSeguro
Selos

None - CNPJ: 25.403.659/0001-10 © Todos os direitos reservados. 2019